Projeto Idéia Fixa e Rotary Clube Poços de Caldas na Educação e Cultura

 

Objetivo:

      Estimular o hábito da leitura, através da criação de mini bibliotecas formada com livros doados pela Fundação Educar DPASCHOAL. 

      Incentivar a criatividade como forma de expressão, estimulando o desenvolvimento de diversos trabalhos relacionados aos livros, tais como:  teatro, a criação de poesias, musica, reprodução das obras através de redações, dinâmica de grupo e etc… 

      Compartilhar conhecimento e habilidades para lidar com as diversas dimensões da experiência humana, através de palestras ministradas por educadores e voluntários da área educacional. Acreditando que somente a partir do envolvimento e do compromisso daqueles que fazem a educação infantil no seu dia-a-dia é que será possível atingir resultados satisfatórios em médio prazo. 

Dinâmica

 

: As crianças do Conjunto Habitacional que frequentam a instituição Casa do Caminho, participam das atividades extra curriculares diariamente e as quintas feiras assistem as aulas do Projeto Ideia Fixa e realizam atividades diversas, entre elas pintura, desenho, interpretacao de texto, entre outras. Estas crianças cuja faixa etária esta compreendida entre seis e 12 anos, recebem livros e material diversificado e desenvolvem os projetos.Pouco mais de 5.000 livros serão oferecidos até o final do projeto em 2011, ou seja, no mês de dezembro.

Balanço

Os resultados obtidos ao longo de cinco meses de trabalho são substanciais. No início as criancas apresentavam problemas comportamentais e eram um pouco resistentes, tanto para desenvolver as atividades, quanto para realizarem a leitura dos livros.

A primeira fase, ou seja a de adaptação foi difícil e aos poucos eles começaram a se adaptar.

Conforme imagens dos trabalhos desenvolvidos percebemos a evolução, ou seja, eles estão desenvolvendo, alem de outras habilidades, o senso de responsabilidade e isto está desde de já, tornando-os cidadãos responsáveis de alguma forma.

Temas como moral, bons costumes, disciplina, organização, amor, família, respeito e vários outros tem sido abordados não só nos livros, bem como nas atividades.

Desde o início do projeto emFevereiro de 2011 muitas mudanças foram notadas. E a principal delas foi o comportamento apresentado pelas criancas que eram extremamente indiciplinadas e hoje já apresentam ações e reações mais amenas.

Conhecendo o Projeto Idéia Fixa

O Projeto Idéia Fixa por um Sertão 100 Fome foi criado em julho de 2002, quando a Jornalista Tânia Mara Matias de Carvalho, escreveu o livro “Cêis é rali, é?”, que contava não só histórias de Rally, mais a real história de um Brasil pouco conhecido e totalmente esquecido. 

Após a divulgação e a troca de exemplares do livro por cestas básicas, o Projeto cresceu e os resultados positivos começaram a aparecer.

Diversas empresas engajaram-se numa luta que visa o crescimento dos sertanejos, levando até eles muito além de alimento para matar-lhes a fome, mais conhecimento, noções de saúde e higiene, aulas de artesanato, reutilização de pneus entre outros.

Na bagagem do Idéia Fixa estão acumulados mais de 281.000 Km de estradas, mais de 117.000 pessoas beneficiadas em 13 estados e exatamente 168 toneladas de doações entregues nas mãos dos necessitados, além do livro “A História de uma idéia Fixa” e um documentário que retrata toda trajetória de sucesso!

Destaca-se também pelo desenvolvimento do Projeto Idéia Fixa pela Educação & Cultura, cujo objetivo principal é a criação de condições e oportunidades geradas com a aplicação dos cursos desenvolvidos especialmente para os moradores das comunidades sertanejas em que atua. Trazendo ainda a inclusão social e a melhoria econômica através do estudo. Pouco mais de 125.000 livros já foram distribuídos para mais de 55 mil alunos nas comunidades mais distantes deste país.

Vale salientar ainda o valioso trabalho que teve início em 2000, realizado durante o Rally dos Sertões denominado de “Sorria para o Rally”, que consiste na distribuição de kits de higiene bucal para crianças de 03 a 14 anos, visitadas em escolas rurais ao longo do percurso da competição.

A Biblioteca Ambulante Idéia Fixa nasceu do desejo de universalizar, democratizar e disseminar a leitura, desenvolvendo o hábito de ler entre a população de baixa renda do país.

Dados comprovam que a maioria das pessoas não lê, não porque não quer, mas porque não tem acesso aos livros, devido ao alto custo. Acreditamos que para formar e se manter um leitor, é necessário um investimento que não é possível à maior parte da população. A maioria dos vilarejos visitados nunca possuiu ou possuirá uma biblioteca pública, daí a importância da visita do Projeto Idéia Fixa pela Educação & Cultura, que oferece uma programação que estimula, incentiva e educa crianças e adultos para tornarem-se leitores ao pé da letra. Contribuindo para que o cidadão desenvolva seu censo crítico para interpretar melhor o seu mundo e transformá-lo.

O maior diferencial desta Biblioteca Ambulante é que os livros não são emprestados e sim doados. E chegam aos vilarejos que muitas vezes não aparecem nem nos mapas, de tão simples e longínquos.


Leave a Reply