História do Clube

80 anos de serviços prestados

No anos de 1930 o sul de minas vivia os efeitos da revolução da aliança liberal que utilizou a região para a movimentação das tropas militares que atuavam nos combates travados próximo a Poços de Caldas.

O tempo passou, a vida continuou sob aqueles efeitos agravados ainda pelos efeitos negativos da forte crise econômica, a chamada quebradeira de 29 e 30. E a pequena população da cidade olhava com olhos gordos o andamento das obras do complexo turístico e balneário – Thermas Antonio Carlos, Palace Cassino e Palace Hotel. Todo mundo pensava nas oportunidades de emprego que o empreendimento traria.

No ano de 32 aconteceu então a revolução constitucionalista de São Paulo e novamente o sul de minas se viu povoado de tropas militares. Poços representava o funil rodoferroviário entre o trajeto que ligava minas a SP.

Esses acontecimentos trouxeram 4 ou 5 anos tumultuados sociologicamente e economicamente para um pais ainda muito pobre!

Concluido, o Palace Hotel passou a ser o grande atrativo turístico, despertando grande interesse principalmente da sociedade carioca.

No rio de janeiro se localizava o QG da companhia – ENGENHEIRO PEDERNEIRAS –  construtora do nosso complexo turístico e termal que a conluia com muito entusiasmo e funcionava ainda como “Consulado de Poços no Rio de Janeiro”, ou até mesmo como uma agencia de viagens para nossa estancia!

Pois bem, vocês devem estar se perguntando: o que toda esta historia tem a ver com nosso clube, não é mesmo?

Pois bem, eu peço a atenção de todos para os fatos a seguir!

O fluxo de turistas ( banhistas) como eram chamados na época,  era intenso – vindos do Rio de janeiro e entre eles muitos rotarianos que se propuseram a fundar um clube rotário em Poços de Caldas. Foram eles: Rodrigo Otávio Filho, Marcos de Souza Dantas, José do Nascimento Brito – o Juca Brito que foi governador do distrito 72 em 1937/38.

Conquistaram então a simpatia do Prefeito Francisco Paula de Assis Figueiredo que se transformou em fiador do projeto, associado a Petronio Vivas e outras figuras expressivas da comunidade.

O quorum regulamentar para a fundação do clube foi alcançado com FRANCISCO DE PAIVA CORTES, ARISTIDES DE MELO E SOUZA, OSCAVO DE FARIA LOBATO, CAIO JUNQUEIRA, HAROLDO JUNQUEIRA, PEDRO AFONSO JUNQUEIRA, JOÃO MOREIRA SALLES, JOÃO AFONSO JUNQUEIRA, JURANDIR FERREIRA, CLODOVEU DAVIS, JOSÉ DE SOUZA LIMA, ARLINDO CARNEIRO, JOÃO BERNARDES JUNQUEIRA, LEOPOLDO FERREIRA, CAPITÃO REINALDO AMARANTE E OUTROS, que formaram o núcleo inicial e prestigiaram as reuniões preparatórias que se realizavam ora na Prefeitura Municipal ora no Grande Hotel ou no Hotel Lealdade.

Por causa desta variação de locais algumas reuniões ficaram sem registro histórico.

A reunião de 27 de agosto de 1933 que ocorreu no Hotel Lealdade em almoço oferecido pelo Capitão Reinaldo Amarante, foi divulgada pelo jornal da época – Revista de Poços de Caldas – edição do dia 3 de setembro de 33. Nesta oportunidade o Prefeito Assis Figueiredo transmitiu com vigoroso entusiasmo, notícias do movimento rotário no brasil e na américa, conclamando a todos a participarem. Na ocasião foi criada uma comissão para estudar e elaborar os estatutos do futuro clube, constituída de Francisco de Paiva Cortes, Jurandir Ferreira e Leopoldo Vieira.

O Prefeito Assis Figueiredo era muito influente, sócio de Walter Moreira Salles na comercial SOTREQ, importadora de maquinas pesadas. Personagem entusiasta, inteligente e dinâmico, grande empreendedor que gozava de inteira confiança dos políticos e da população poços caldense e saiba foi ele quem promoveu o alargamento, alinhamento e o calçamento das ruas da nossa cidade.

No início de 1934 aqueles rotarianos do rio, voltaram a Poços, conferiram a organização, documentação e os tramites exigidos pelo Rotary internacional e no dia 23 de fevereiro em reunião celebrativa era fundado o Rotary Club de poços de caldas contando com a presença do rotariano americano TIM ROTH, que viajava como consul especial difundindo e fundando clubes pela América do Sul. Chegou a fundar 95 clubes, como informa depoimento do Presidente Arruda Pereira.

Porém como nem tudo são flores, nosso clube viveu a seguir um período vacilante e confuso, atormentado por injunções políticas e acabou se desativando por algum tempo, quando estava na presidência o rotariano Oscavo de Faria Lobato.

E só em 36 na Presidência de Francisco de Paiva Cortes, secretariado por Petrônio Vivas, foi reorganizado, estruturado para uma nova VIDA!

Todas as dificuldades e desencontros foram vencidos com boa vontade e muito companheirismo. Acreditamos que aquele entreveiro foi revitalizante. Tudo que é difícil, vale mais e como dizia Indira Ghandi – é um grande privilégio viver uma vida difícil – vale ai uma reflexão de todos nós, não é mesmo?

Pois bem, vivendo, vivendo vivendo Rotary, nosso clube completa 80 anos de existência.

Fomos o 22º. Clube fundado no brasil , sempre com vida muito ativa, vida muito produtiva e muito solidária. Sempre com muito companheirismo, com tribuna livre e democrática, destina a defender as boas causas de nossa cidade é sem duvida uma escola de cidadãos.

Fundamos 4 clubes afiliados Machado, Vargem Grande do Sul, São João da Boa Vista, além do RC de Poços de Caldas Sul e em 1939 a Associação de Senhoras de Rotarianos, pioneira no brasil, inspirada na influência pessoal do presidente Armando de Arruda Pereira.

Nosso Clube realizou por mais de 30 anos o Baile das Debutantes, com renda líquida destinada para o Hospital Santa Casa.

O Bosque Municipal, no Country Club, também foi criado graças à atuação de rotarianos.

O Parque Infantil Darcy Vargas de Souza, ao lado das Thermas foi criado a partir das gestões do nosso Clube.
Construímos a ala hospitalar, na Santa Casa, em favor do menor defeituoso, que, posteriormente, se transformaria na APAE.

Na fundação da APAE participaram rotarianos como Chafick Fraya, Alzira Parreira e outros.

Um aparelho de Eco-cardiograma foi doado com participação do Rotary Club do Japão e do Dr. Mesquita.

Fundamos a Escola Rotary, no bairro Bortolan e a presença rotária foi marcada também no Monumento à Bandeira, em frente ao Palace Casino, bem como o trabalho de duplicação da Rodovia José Aurélio Vilela mereceu gestões de vários rotarianos.

A instalação do Corpo de Bombeiros teve a participação do Rotary com a parceria da Alcoa. Posteriormente, doou-se um caminhão pipa para os Bombeiros, com verba rotária.

Beneficiamos o Pronto Socorro Jacques com a compra de um veículo usando recursos rotários. Criou-se, na Paróquia São Paulo Apóstolo, uma fábrica de multi mistura, com a participação da Alcoa novamente.

A CAA – Caixa de Assistência dos Advogados,  doou ao clube um Gabinete Dentário que foi instalado na Paróquia São Paulo Apostolo.

Mais de 7.000 escovas de dentes foram doadas para alunos de escolas municipais de Poços de Caldas e Santa Rita de Caldas.

Plantamos mais de 50.000 mudas de árvores, em parceria com a CBA, nos bairros Nova Aurora, Ipê e D. Bosco.

O Projeto das Mini-Bibliotecas Rotary instalado em locais de grande tráfego de pessoas, vem semeando mais cultura na comunidade, além de incentivar o hábito da leitura. Por volta de 10.000 exemplares de diversos títulos para adultos e crianças já circularam por estes locais.

Profissionais da área da saúde e educação, do Rotary Club de Poços de Caldas empenham-se no Projeto “Rotary e Você na Saúde e cidadania”, no qual são levadas palestras sobre prevenção de enfermidades e temas atuais para alunos das escolas da rede pública, além de paróquias e associações de bairro.

Em parceria com o SENAC e Escola Municipal Dr. Pedro Afonso Junqueira, no Bairro Kennedy, concretizamos o Curso de Auxiliar Administrativo que propiciou o ingresso no mercado de trabalho de jovens e senhoras da comunidade local.

O Projeto Caminhar, que envolve um banco de cadeiras de rodas (além de cadeiras de banho, muletas e andador), vem se desenvolvendo satisfatoriamente com o empréstimo destes bens a muitas pessoas necessitadas e impossibilitadas de adquiri-los.

Participamos da fundação da Associação Gota de leite, bem como da fundação da Escola de Surdos e Mudos Hellen Keler.

Através da realização de várias festividades tais como o jantar Italiano, Bacalhoada e  Ação entre amigos, tivemos como objetivo a arrecadação de recursos para ajudar instituições da cidade.

Em nosso quadro social tivemos dois Governadores Distritais são eles: Dr. Rovilson Flora e José de Alencar e Silva e já comemoramos a indicação do atuante Co. João Otávio Veiga Rodrigues  para governadoria do nosso distrito em 2016/17.

 Inovamos quando elegemos a 1ª. mulher presidente de um clube de Rotary, a dedicada Da. Zizi ( Conceição Aparecida Vieira Forlin).

Já sediamos a Conferência Nacional do Rotary Internacional ocasião em que fundou-se a Associação de Senhoras de Rotariano. O Marco Rotário colocado na entrada da cidade também destaca a participação de
nosso Clube. Bem como a placa em homenagem ao Fundador do Rotary Paul Harris localizada no canteiro central da antiga FEPASA.

Participamos na criação da Associação de Pais e Amigos para o Apoio ao Talento, induzindo a Prefeitura a criar, por lei, o CEDET – Centro de Desenvolvimento do Talento, centrando ambas as instituições no desenvolvimento, intelectual, social e de cidadania de crianças da rede pública municipal que apresentem alguma dotação ou talento.

Com estas pinceladas, nem tão rápidas assim sintetizamos 80 anos de serviços prestados com ética a sociedade Poçoscaldense.

Texto: Luiz Gonzaga Carvalho Pomárico e Tânia Mara Matias de Carvalho – Presidente da Comissão de Imagem Publica 2013/2014

Leave a Reply